Poemas de Outono

(Nando Ramos)

 

Trabalhar… Virar dias e noites pra comprar o céu

E Competir, só pra se derrotar.

 

Acordar… Sem saber onde tudo isso vai dar

E Desistir antes mesmo de lutar

 

Viajar… num beco sem saída, só pra experimentar

E Repetir o mesmo erro banal

 

Preferir… Se isolar do mundo só pra não sofrer

E se Arrepender tarde demais

 

Eu preferi os poemas

As folhas de outono e a chuva chegar…

 

Eu prefiro os poemas

As folhas de outono e o sorriso no seu olhar…

 

Só quero Ser…

Muito mais do que isso

Eu só quero ser…

Muito mais do que sou!

 

Pra que pedir desculpas e não aceitar?

Se a gente erra todo dia e sempre vai errar

Eu só queria te dizer que não há tempo, não há hora pra parar de sonhar…